(51) 3212.3798     /DallagnolAdvogados    

Área de tecnologia do TSE apresenta novos aplicativos mobile para as eleições deste ano

Reunião da Comissão técnica de tecnologia da informação

Servidores das secretarias de Tecnologia da Informação e de Tecnologia das Eleições se reuniram para a apresentação dos primeiros aplicativos (apps) para smartphones e dispositivos móveis a serem lançados pela Justiça Eleitoral para as Eleições Municipais 2016. 

Ao todo, estão previstos 11 novos aplicativos mobile para as eleições deste ano. Três deles foram apresentados hoje: um aplicativo que traz notificações de prazos do Calendário Eleitoral; outro, chamado “Candidaturas”, que apresenta informações sobre os candidatos a vereador e prefeito em cada município brasileiro; e um terceiro aplicativo, ainda sem nome, que servirá como um “agregador” de informações sobre as eleições.

O aplicativo Calendário Eleitoral apresentará ao usuário notificações sobre todas as datas importantes durante o período eleitoral. Esse app tem previsão de lançamento para este mês, juntamente com outro que permitirá a consulta a processos judiciais relativos às eleições.

Já o aplicativo “Candidaturas”, que foi um sucesso nas Eleições 2014 (foram quase 180 mil instalações em smartphonesdas plataformas Android, iOS e Windows Phone), traz algumas novidades para a versão 2016. Uma delas é o sistema de geolocalização, por meio do qual o aplicativo pode identificar em que município o aparelho se encontra e, a partir dessa informação, listar automaticamente todos os candidatos ao pleito naquela cidade. Também serão exibidas informações referentes a prestação de contas dos candidatos. 

Agregador

Outro app que vai ser lançado nestas eleições, ainda sem nome definido, deve aglutinar informações para o eleitor em uma única tela, como situação do título, orientações sobre justificativa, local de votação, informações sobre propaganda eleitoral e contatos do Disque-Eleitor.

Além disso, esse aplicativo “agregador” vai trazer links para notícias divulgadas pela Secretaria de Comunicação Institucional do TSE, vídeos produzidos para o YouTube e perfis oficiais da Justiça Eleitoral em mídias sociais, além de acesso direto a outros apps desenvolvidos para o pleito de 2016. 

Mais aplicativos 

Além dos três apps apresentados hoje, também está previsto o lançamento de aplicativos para consulta processual, informações a mesários, denúncias de irregularidades nas eleições, consulta ao espelho do boletim de urna (por meio de tecnologia QR Code), locais de votação e justificativa eleitoral. Outros dois apps a serem lançados, que também utilizarão a tecnologia QR Code, serão de uso exclusivo dos profissionais da Justiça Eleitoral, sendo um para preparação e outro para checagem das urnas eletrônicas.

 

Fonte: TSE